domingo, 18 de agosto de 2019

.............




enquanto estiver VIVA jamais esquecerei a minha origem tanto como pessoa, como artista que me tornei
agradeço sempre
por ter tido Mae e Pai amor
por ter sido criado na sensibilidade de uma escola de arte viva e amorosa
por ter percebido como usar o espaço vazio e ocupá-lo com a liberdade
por sempre conseguir perseverar realizando com a urgência necessária os trabalhos que me vinham e me faziam, ou fazem mover
gerar questões
indagar
questionar
duvidar
tentar mais uma vez
eu, nesta idade continuo
incomodada
inquieta
insistente
ouço os recados
eles me visitam e me alarmam
alguns outros poucos me acalmam
na maioria das vezes são recados em que a alma escuta e me faz sacudir
quero viver minha existencia viva em seus dias, segundos e noites
quero morrer apenas uma vez
uma só vez

sábado, 3 de agosto de 2019

sem titulo

o barulho da música que tocava no espaço trazia as ondas do mar
o barulho atravessa a massa da musica também como uma onda sobrepujava a melodia
o barulho não trazia todo o mar
De repente esta mesma sensação, a mesma impressão
Trouxe muitas pessoas afogadas daquele oceano que não existia ali
as ondas trouxeram as pessoas afogadas e ressentidas que há muito estavam afogadas por uma angustia coletiva
esqueceram de boiar
afundaram porque se deixaram ficar na massa coletiva de uma angustia p a s s a g e i r a
esqueceram porque se deixaram também esquecer
sabiam do conforto passageiro
sabiam também que iriam se afogar
esquecerem que ora as ondas trazem mortos
ora as ondas trazem esperança
o tempo sempre estará p a s s a n d o
muitos dias, muitas noites foram necessárias
para que sim!
aquele navio outrora perdido, esquecido e afundado

pudesse emergir vivo, pleno, vigoroso e l i n d o
para novamente
navegar, navegar

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Ultima configuraçã da SESC CIA DE DANÇA

Dia 21 de Junho a SESC CIA DE DANÇA veio apresentar o trabalho Em algum lugar de mundo, que fiz para eles no CASA BRANCA FEST um festival pensado por quatro moradores e artistas que escolheram Casa Branca como lugar para viver, pensamos este Festival como forma de reparar, restaurar este lugarejo abatido pela tragédia anunciada no Corrego do Feijão, a apresentação encantou a todos . Recentemente esta companhia foi instiguida  pela instituição SESC MINAS GERAIS que tanto preza a Cultura em nosso estado. 

rapidez do olho

o dia azul
azul com nuvens translúcidas
beleza pura
configurações intensas
eu sustentada pela terra
eu no jardim
mistério
encanto
eu encantada com a possibilidade de viver e vislumbrar a natureza em sua plenitude
mil recados de amor
mil recados de cuidados
mil recados de beleza rara em instantes tão minúsculos o olho captura
a alma regogiza
agradece e segue

Notícias para o segundo semestre no atelier e em BH

Estamos no mês de Julho
dia 20(domingo) encerramos mais um Encontro Pratico Estudos da Improvisação + Atelier de Criação com muita alegria pela oportunidade de trabalhar estudar esta linguagem tão potente que é a Improvisação em Dança, neste lugar tão lindo que é CASA BRANCA, onde meu Atelier se situa e uma de sus missões é o fortalecimento de nossa comunidade sensível

Em Agosto
estarei ministrando aulas em 2 espaços distintos
Segundas
18:30 as 20:00
Espaço Cultural AMBIENTE casa
Rua Oriente 445
Serra
BH
Inicio das aulas
19 de Agosto
Quartas
18:30 as 20:00
CasaManga
Rua Adolfo Radice 318
Mangabeiras
BH
Inicio
21 de Agosto
Dias 19 e 20 de Agosto(segunda e Terça)
estarei participando do PIM
Dias 23 e 24
estarei ministrando uma Oficina no Rio no Studio Casa de Pedra de Esther Weistzmann
Em SETEMBRO
VIVENCIA PRATICA DO SENSIVEL
Aqui em meu atelier
informarei em breve!!!
se quiser saber mais entre em contato comigo por aqui ou pelo face Atelierdudude

bye bye